quarta-feira, 6 de maio de 2015

o pensamento do dia...


no público...

a curiosidade matou o gato (?)... reflexões educativas para o fim de dia...!


(des)acordo ortográfico... sempre...!


no público...

mas, já agora, deliciem-se com esta...

...mas nem sempre Filinto pode contar com a colaboração da Direcção Geral dos Estabelecimentos Escolares.

"Filinto Lima ficou surpreendido: "Admito este tipo de mail em situação de greve, mas não devia acontecer, as escolas convocaram os professores que entenderam que deviam convocar."

"Está a correr bem, em 44 professores que convoquei, só dois é que faltaram", contou Filinto Lima."

Neste caso foram apenas 44. Ontem noticiavam apenas 32


Portanto, só numa escola, foram convocados 44 professores do ensino público, pagos pelos contribuintes portugueses (ao que acresce aqueles que pediram o exame, pagando o certificado dos seus filhos) e tudo ao serviço de uma empresa privada.


no crónicas do cão... aqui.

paradoxos... inequívocos...?


Um quarto de hora antes de os alunos entrarem nas salas o Iave abriu uma excepção ao rigor exigido na preparação da prova que, ainda assim, não se realizou em 2% dos agrupamentos de escolas. O teste não conta para a avaliação.
 
 
agora mesmo. no feedly...

excelente pergunta...


no público...

cabecinhas pensadoras, pois então...


no público...

pintura... maternidade... de lívio de morais...!


o boneco do dia...


no dn...

sobre a greve de hoje... o que diz a fenprof...!

Forte adesão à greve em dia de prova escrita

"Esta prova é um verdadeiro abuso", reafirmou Mário Nogueira, esta tarde, em Lisboa.

 
 
Falando aos jornalistas, o Secretário Geral da FENPROF sublinhou a elevada participação na greve ao serviço relacionado com o "Exame Cambridge", que teve nesta quarta-feira a componente escrita, para a qual, recorde-se, foram convocados professores de Inglês (secretariado) e de outras disciplinas (vigilâncias). Os docentes, de Inglês ou não, convocados para esta componente escrita, deram uma resposta firme a quem insiste neste "abuso".

Uma delegação do Secretariado Nacional da FENPROF (Mário Nogueira, Anabela Sotaia e Ana Simões) entregou esta tarde na Polícia Judiciária (à hora de realização da componente escrita), um dossiê com novos documentos que irão juntar-se aos que já anteriormente tinham sido apresentados na Procuradoria-Geral da República.

Como referiu Mário Nogueira às equipas de reportagem que se deslocaram ao edifício da PJ, em Lisboa (foto JPO), a FENPROF compromete-se a entregar nesta Polícia documentos que considera importantes para esclarecer todo o contexto do processo Cambridge.

"Teria facilitado o ministro se, quando questionado sobre a matéria, já no ano passado, tivesse esclarecido todas as dúvidas que se colocam aos professores e que a FENPROF, diversas vezes, lhe apresentou. Lamentamos que não tenha agido nesse sentido. A FENPROF acabou por colocar essas dúvidas na Procuradoria-Geral da República tendo, então, sido aberto o processo que, entretanto, deu origem ao inquérito em curso", observou o dirigente sindical.

Voltando à greve e à luta dos docentes nesta quarta-feira, Nogueira deu exemplos expressivos da forte participação em várias escolas, de diferentes regiões do país, e também das irregularidades cometidas: um vigilante por sala, vigilantes convocados em cima da hora (sem formação), docentes deslocados, atrasos no início da prova, etc "Foi um vale tudo".

O dirigente sindical voltou a destacar a solidariedade da FENPROF com os docentes envolvidos nesta luta, lembrando também, uma vez mais, que "os docentes de Inglês foram retirados das suas aulas, com as suas turmas, deixando também, muitos alunos sem apoios."

"Esta é, sem dúvida, uma questão profisional. Os professores querem trabalhar com os seus alunos", referiu Mário Nogueira.

Se o MEC prolongar o período de exames para além de 22 de maio, a FENPROF apresentará novo pré-aviso de greve. 
 
JPO Peça em atualização

em estado de incredulidade... ou é a piada do dia, ou a farsa mentirosa mais descarada que já vi...!


no público...

a actualidade do dia-a-dia, numa visão pessoal do jornalista...!

Bom dia, já leu o Expresso Curto Bom dia, este é o seu Expresso Curto
Martim Silva
Hoje por Martim Silva
Editor-Executivo
 
5 de Maio de 2015
 
O amor por Maria Luís, os papos-de-anjo e as facadinhas a Portas 

Bom dia,
E quando pensávamos que já nos tínhamos livrado disto, eles voltam a atacar. Ou, como Al Pacino disse numa das melhores deixas de sempre do cinema, “Just when i thought i was out… they pull me back in”. 
Depois de termos levado com a super-crise do irrevogável de Portas do verão de 2013, e quando julgávamos que essas eram águas passadas, eis-nos de novo mergulhados no pesadelo e a reviver os dias quentes que sucederam à saída de Vítor Gaspar. 

A nova biografia, peço desculpa, a nova hagiografia de Passos, surge cheia de facadinhas ao parceiro de coligação. Ficamos a saber que o primeiro amor de Pedro se chamava… Maria Luís, que gosta de fazer papos-de-anjo, de estender a roupa, ver filmes de banda desenhada. E que um dos seus desportos favoritos na política parece ser irritar Portas. Pois com estas novas revelações, o CDS irritou-se mesmo. Ou, como dizia um dirigente centrista ontem, “já não há pachorra”. 
A nuvem cinzenta volta a aparecer no horizonte. Mas a coligação aguenta-se. Como explicava ontem Ricardo Costa, até à segunda-feira do pós-eleições, a coligação nem abana.
O dia foi mesmo louco. Ou de loucos. Depois de Passos revelar que Portas se demitiu por sms, Portas veio à noite, em comunicado enviado por sms, desmentir a informação. E até Cavaco Silva, que não costuma entrar nestas guerras, não resistiu e prometeu resposta a Passos (que na tal obra feita por uma assessora o acusou de fazer um jogo estéril em 2013 ao alimentar conversações entre a maioria e o PS de Seguro) para quando sair de Belém. 

Na outra bancada, sentam-se os nossos adversários. Ao nosso lado, estão os inimigos. 

Na imprensa de hoje, o tema merece forte destaque. Mas enquanto DN, Público e i dão destaque à crise que a biografia provocou na coligação e à irritação do CDS e ao desmentido de Portas, o CM opta por salientar... o que a mulher de Passos diz no livro sobre a sua doença: “Eu tenho de viver! Tenho tanta coisa para fazer”.
Spin do melhor. 

Se o livro é coisa de propaganda política para tempo de campanha, só se pode dizer que a coisa está mesmo a correr às mil maravilhas (sim, estou a ser irónico). Na mesma semana, Passos consegue elogiar de forma rasgada Dias Loureiro, que representa o que de pior tem a relação entre política e negócios em Portugal. E esfrangalhar qualquer resquício de confiança ou lealdade na coligação. É obra. 

Hoje à tarde há debate quinzenal no Parlamento e não é preciso ser adivinho para perceber que o tema há de vir à baila. Como há de vir na entrevista que esta noite António Costa dá à TVI. 


OUTRAS NOTÍCIAS 

Cá dentro, 
Tema do dia é também o juiz Carlos Alexandre. Nas páginas do Público e do i (o tema é manchete nos dois) são relatadas de forma minuciosa as respostas que deu ao Tribunal da Relação de Lisboa. Isto a propósito de um inquérito que foi aberto depois de denúncias anónimas visando o magistrado (que era acusado entre outras coisas de estar feito com um jornalista da Sábado e o BES).Carlos Alexandre acredita estar sob garde à vue, ou vigilância, de uma organização secreta (que não diz qual é). E para que não ficassem dúvidas sobre a sua vida, detalhou tudo o que ganha e possui e paga, do BMW 320, à casa em Linda-a-Velha. 

No Expresso Diário, contámos como um grupo de jovens portugueses se uniu para escrever uma carta aberta a uma portuguesa que deixou tudo no ano passado para fugir do país, rumar à Síria e juntar-se aos terroristas do Estado Islâmico. A Raquel Moleiro e o Hugo Franco andam atrás deste assunto há muito tempo. E ontem até receberam um prémio pela reportagem multimédia“Matar e morrer por Alá: Cinco portugueses no Estado Islâmico”. Se nunca viu, deixo-lhe o link

Duarte Lima vai ser julgado no Brasil pela morte de Rosalina Ribeiro, mas sem estar presente no julgamento. 

O PS, conta o Diário Económico hoje, está contra uma rotação diplomática de embaixadores que o ministro Rui Machete está a preparar a poucos meses das eleições legislativas. 

A Lei da Cópia Privada, polémica, já foi vetada uma vez por Cavaco Silva mas os partidos da maioria preparam-se para um pouco usual confronto com o Presidente da República e confirmar o diploma no Parlamento

Portugal caiu no ranking mundial, mas continua no top 20 dos melhores países para ser mãe. 

A mega-banda irlandesa U2 volta a Portugal para o ano (a última vez que cá esteve foi em 2010). 

O Tondela, sim o Tondela, está a um passo de uma inédita subida à I Liga de futebol. A confirmação da notícia pode ser dada já esta tarde, pois o líder da II Liga recebe o D. Aves. No futebol, realce ainda para os bilhetes do final da Taça de Portugal, entre Sporting e Braga, que vão ser postos à venda no fim-de-semana.


Lá fora, 
A situação na Grécia continua de arrepiar. O Governo grego agora avança com mais uma das promessas eleitorais e promete reintegrar milhares de funcionários públicos, ao mesmo tempo que não há forma de chegar a acordo com os parceiros e credores europeus. The clock is ticking tic-tac-tic-tac-tic-tac. Na Bloomberg, Wolfgang Munchau admite o grexit (saída grega da zona euro). Napróxima segunda-feira há reunião do Eurogrupo mas o fumo branco não deve ser conseguido até lá. 

No Reino Unido, amanhã quinta-feira é dia de eleições legislativas. O clima está ao rubro, a incógnita sobre se será Cameron, Miliband ou Clegg a governar é enorme. As tensões e divisões regionais acentuam-se. O tradicional bipartiraismo esfrangalha-se. Hoje, no Expresso Diário, o Pedro Cordeiro, recém-regressado da cobertura das eleições, vai explicar-nos o que se passa e o que se pode esperar. Aqui no Financial Times mostra-se como Ed Miliband passou de uma espécie de patinho feio da política britânica para um possível (favorito?) primeiro-ministro. 

Ao ataque em França (onde continua quente a guerra pai-filha na FN) está Nicolas Sarkozy. O ex-presidente está com saudades do Eliseu e arrasa François Hollande numa entrevista de balanço dos três anos de mandato do atual chefe do Estado. 

Em Israel, no Expresso Diário de ontem demos conta do que se passa com os ataques aos judeus da Eritreia. Acrescento mais uma sugestão de leitura sobre o que se passa no país. Este artigo fala-lhe de uma estrela em ascensão na política israelita, Ayman Odeh, que lidera a facção árabe no Knesset e aspira a ser uma espécie de Martin Luther King de Israel. 

O Real Madrid não se livrou da fúria da “Velha Senhora” e perdeu dois a um em Turim (Ronaldo marcou um), na primeira mão da primeira meia-final da Liga dos Campeões. O Pedro Candeias explica como a Juventus continua matreira e sabida. Hoje há o Barcelona-Bayern. Para a semana realizam-se as partidas da segunda mão. 

Em Inglaterra, parece que Roman Abramovich prepara um aumento salarial para José Mourinho. Só para se roer, o português já ganha mais de dez milhões de euros por ano… 


NÚMEROS
2%
Por cento é quanto Cavaco Silva acredita que a economia vai cresvcer. 

48 
Pessoas morreram vítimas de violência doméstica no ano passado em Portugal. A APAV lançou agora mais uma campanha de alerta e denúncia da situação. Parece um daqueles catálogos cheios de coisas fofinhas do Ikea, mas não é. Leia a notícia da Rosa Pedroso Lima no Expresso Diário e tente não engolir em seco no final… 

229 
Desde o início do ano já morreram mais de duzentas pessoas no Brasil de dengue. Agora, as autoridades procuram combater a doença com a libertação de centenas de milhares de mosquitos… transgénicos. 

31 
Mais de 31 milhões de seguidores valem a Beyoncé o título de pessoa mais seguida do mundo no twitter. Logo a seguir vem Kim Kardashian 


FRASES 
“Enviar uma mensagem escrita ameaçadora a um director para que o jornalista ‘não tenha dúvidas’ sobre o que Costa pensa a respeito do respectivo jornalista está ao nível dos piores casos de José Sócrates”, Luís Rosa, no i, a propósito do sms recebido por João Vieira Pereira e revelado pelo Expresso no sábado. Sobre este assunto, vale a pena ler o que escreveu o Henrique Raposo aqui

“Acredito no Estado social mas isso não significa ter acesso a tudo”, Leonor Beleza, presidente da Fundação Champalimaud, em entrevista ao Diário Económico 

“Clubes de topo estão ocupados, Jesus não irá para melhor”, Sven-Goran Eriksson, antigo treinador do Benfica, sobre a possibilidade de Jorge Jesus deixar o clube no fim da época 

“Benfica merece ser campeão”, Nani, futebolista do Sporting, no mesmo dia em que revelou que para o ano já não estará em Alvalade. 


O QUE EU ANDO A LER 
Não sei se o leitor já reparou, mas esta semana demos um "novo look" ao site do Expresso. Uma das alterações feitas, a menos importante delas, é que cada jornalista ou elemento da equipa do Expresso tem uma pequena nota biográfica que pode ser consultada pelos leitores (em www.expresso.pt/autores pode vê-las todas). O tom vai entre o seco e formal (como eu) até notas mais criativas, pessoais e intimistas. O assunto foi tema de conversa aqui pela redacção (andava tudo a perguntar "a tua bio já tá feita? Posso ver?"). Quando andava a pensar o que lá escrever, uma das coisas que me veio à cabeça foi a recorrente pergunta "quais os livros que mais me marcaram?". A resposta veio pronta: a trilogia Os Descobridores, Os Criadores, Os Pensadores, do historiador americano (falecido há uma década) Daniel J. Boorstin. Boorstin concebe nestes três volumes uma viagem pela história da humanidade. Estes eram os meus três livros para uma ilha deserta. Esta semana, voltei a pegar nos Criadores, nos capítulos sobre Confúcio, Buda e outros líderes espirituais e religiosos. É uma viagem que vale sempre a pena. Se encontrar algum dos volumes (o mais provável é que o consiga naquelas feiras de livros em segunda mão ou em alfarrábios), dê uma espreitadela. 

A chegar às bancas está a Vanity Fair. Com um daqueles números imperdíveis para os muitos fãs do Star Wars (já estão aí os primeiros trailers e o episódio 7 estreia no final do ano). As fotos são de Annie Leibovitz e enquanto se espera pela chegada da revista (a versão digital está disponível a partir de 5ª feira) vale a pena passar os olhos pelo site da VF e ler as revelações sobre o novo episódio da mais fantástica série de ficção científica do cinema. 

Já chega de Expresso Curto. Amanhã estamos de volta com o sempre polémico João Vieira Pereira (não vale mandar-lhe sms se não gostar do que ele escreve...). 
Ao longo do dia pode seguir a atualidade no nosso site e pelas seis da tarde temos uma edição do Diário (que é gratuito nesta semana e na próxima). By the way, o Diário faz hoje anos. Nasceu a 6 de maio de 2014 e hoje sopra as velas. Mas eu garanto-lhe que esta newsletter só teve café como combustível (ou não se chamasse Expresso Curto). 

Tenha uma grande quarta-feira. E leve as coisas com descontração. Afinal de contas, "the dogs bark and the caravan goes by”, como dizia o outro...

legislação [educação]... formação acreditada... no dre...!

Diário da República n.º 87/2015, Série II de 2015-05-06 


Data de Publicação:2015-05-06
Data de Disponibilização:2015-05-06
Número:87
Série:II


Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Superior 

Declara que a transmissão que se venha a operar do Instituto Superior de Saúde do Alto Ave da ENSINAVE - Educação e Ensino Superior do Alto Ave, S. A. para a EPATV - Escola Profissional Amar Terra Verde, Lda. não altera os pressupostos e circunstâncias subjacentes à atribuição do seu reconhecimento de interesse público 

Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Secretário de Estado do Ensino Superior 

Autoriza a Universidade dos Açores a criar uma unidade orgânica de ensino politécnico, denominada Escola Superior de Tecnologias, e a proceder à fusão das suas duas Escolas Superiores de Enfermagem, bem como à sua transformação em Escola Superior de Saúde 

Ministério da Educação e Ciência - Gabinete do Secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar 

Estabelece o processo de avaliação, certificação e reconhecimento da formação acreditada

e a isto chama-se o quê... corrupção, para acto ilícito...?

Professores apresentam queixa na PJ contra o Instituto de Avaliação Educativa

por DN.pt Hoje


Fotografia © António Cotrim/Lusa


Fenprof denuncia envio de emails a prometer descontos aos professores que publicitassem manuais de preparação para a prova de inglês.

O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE) terá enviado emails aos professores prometendo-lhes um desconto na Livraria Britânica, em troca de publicidade a manuais de preparação para a prova de Cambridge, que se realiza hoje às 14.00 para mais de 100 mil alunos.

A Fenprof vai, por isso, apresentar esta tarde uma queixa na Polícia Judiciária: Mário Nogueira, o dirigente da estrutura sindical, disse à TSF que os professores não são vendedores de livros, "como o IAVE parece sugerir nos emails enviados", e garante que pediu esclarecimento ao Ministério da Educação sobre as mensagens que os docentes receberam, não tendo recebido qualquer resposta.

A Fenprof e outros seis sindicatos marcaram para hoje uma greve, para os professores vigilantes destacados para o 'preliminary english test' (PET), que permite obter uma certificação de nível B1, equivalente ao nono ano, e é obrigatório para os estudantes que estão a terminar o terceiro ciclo.

A prova do Instituto de Cambridge, que é coordenada pelo IAVE e patrocinada por quatro empresas privadas (a Novabase, a Porto Editora, o BPI e a Connexall), foi contestada pelos professores desde o ano passado, por se tratar de um protocolo com entidades privadas aplicado a alunos de escolas públicas em que os professores são obrigados a realizar todas as componentes do teste.

No ano passado, o sindicato já tinha enviado à Procuradoria-Geral da República uma exposição sobre a prova, que motivou a abertura de um inquérito da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. Esta tarde, e no âmbito deste mesmo processo, a Fenprof entregará novos documentos, referentes ao envio dos emails prometendo os descontos aos professores.


no dn em linha... aqui.

nada mais do que o normal...?

Greve já mudou orais, mas prova escrita de Inglês será feita apenas hoje

por Ana Bela Ferreira Hoje 3 comentários


Greve já mudou orais, mas prova escrita de Inglês será feita apenas hoje


Fenprof marcou greve ao teste de diagnóstico obrigatório para o 9.º ano. Hoje, o sindicato entrega mais documentos à Polícia Judiciária para juntar à queixa feita no ano passado.

Pelas 14.00, 111 mil alunos vão fazer o teste de diagnóstico de Inglês aplicado pela Cambridge English Language Assessment. Mas se por acaso a greve dos professores impedir a realização da prova em algumas das salas previstas, os alunos não serão chamados a repetir a prova, ao contrário do que tem acontecido com algumas provas orais (uma das componentes do exame) que já foram adiadas devido à greve dos professores, mas apenas porque o prazo para a sua realização só termina no dia 22.

Os alunos que não conseguirem fazer o teste não vão ser prejudicados. "A não realização de uma das componentes do teste inviabiliza a produção de um resultado", explica o Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), mas como a prova não conta para a nota, os alunos apenas não terão acesso ao certificado de proficiência da língua inglesa (isto para o caso daqueles que pediram este documento).

O preliminary english test (PET) permite obter uma certificação de nível B1 - equivalente ao 9.º ano - e é obrigatório para os estudantes que estão a terminar o 3.º ciclo. Além dos 107 mil estudantes que frequentam este ano de ensino, inscreveram-se na prova outros 4000 que pretendem obter o certificado. Estes últimos têm de pagar 25 euros pelo documento.


Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

bom, eu também tenho a sensação de estar a ser vigiado... à sorrelfa...!


no público...

espíritos lúbricos... toda a minha gente a jogar para os ranquingues....?



no jn...

continuando o dia... intelectualmente enfezado...?


no cm...

o roteiro da actualidade [capas e destaques]...

nota:
esta apresentação não corresponde a qualquer critério editorial ou hierarquia, logo não foi editada salvo no tipo de letra, e é a transcrição exacta da mensagem de comunicação [quando exista], tal como é recebida, exceptuando a informação das publicações desportivas.
acresce a edição pessoal de algumas capas, quando disponíveis e que não constam da respectiva mensagem ou estão desfasadas nas datas [estas não estão torneadas a negro como, normalmente, as da mensagem original].
via jornais do dia.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Concurso de choro no Japão
Repúblicas de Coimbra criam associação
Mortos no Nepal sobem para 7.652
Dez mil processaram a operadora de Fukushima
Problema do EI só se resolve com a saída de Assad
Timor-Leste mantém "enorme" défice da balança comercial - Banco Central
Economia timorense cresceu 8% em 2014 - governador Banco Central

Capa do Público Público

Cartas à directora
Vésperas do Lusitânia
Disautonomia universitária
PS sem ideias para a Educação
Direito de autor aproxima França e Alemanha
A República dos economistas (liberais)
Bombeiros do Algarve vão passar a recolher os velhos televisores e frigoríficos

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Jovens criminosos com problemas mentais obrigados a tratamento
Greve já mudou orais, mas prova escrita de Inglês será feita apenas hoje
O meu sms de jornalista ao político Rangel
Veja a chave do Euromilhões
Casos de malária entre os que mais sobem, sífilis com mais notificações em quatro anos
Um ventilador e um ecógrafo para ajudar 55 mil crianças no hospital Amadora-Sintra
Duarte Lima julgado por júri mas sem estar presente no julgamento

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Escândalo de espionagem abala Merkel
Um ano de Lopetegui de altos e baixos à frente do F.C. Porto
Vários capacetes azuis mortos na República Democrática do Congo
Moreira prevê "inverno orçamental" no Porto
Nave espacial russa vai cair na terra até sexta-feira
TAP fez 80 voos e cancelou 66 até às 19 horas
Escócia pode ditar futuro Governo no Reino Unido

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Bruxelas mantém pressão sobre o Governo e dá folga ao cenário do PS
Governo prepara rotação diplomática em postos chave em ano de eleições
Há cinco anos a fazer desta a sua casa
Só CGD fixou comissão única para depósitos recomendada pelo supervisor
António Champalimaud
“Sou uma privilegiada”
“No início de 2016 teremos mais salas de operações e quartos”

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Produtores de petróleo de xisto relativizam críticas de David Einhorn sobre os custos
David Tepper perde título de rei das remunerações dos hedge funds
UBS: Compra da Salesforce é um grande desafio para a Microsoft
Greg Waters: Consolidação nas tecnologias é saudável
OMS: Europa vai enfrentar epidemia de obesidade em 2030
Emissão de obrigações da FC Porto SAD arranca quinta-feira
Risco de incumprimento grego volta a abalar a Zona Euro

Capa do Oje Oje

“Interesse público”. Governo trava suspensão dos concursos da Carris e do Metro
Demissão foi por carta e não por SMS. Portas reage à biografia de Passos Coelho
U2 estão de volta a Portugal em 2016
Parlamento grego aprova readmissão de funcionários públicos
De Cavaco a Portas. Biografia de Passos Coelho gera incómodo
FMI não coloca de parte alívio da dívida grega
Cavaco Silva defende criação do Ministério do Mar

nota: 
esta capa do oje não corresponde à da edição do dia e não está disponível no sítio do jornal.


Capa do Destak Destak

Repúblicas de Coimbra criam associação para lutar contra a lei do arrendamento
Número de mortos no Nepal devido ao sismo sobe para 7.652
Quase 10.000 pessoas processaram a operadora da central de Fukushima
Problema do Estado Islâmico só se resolve com a saída de Assad -- EUA
Timor-Leste mantém "enorme" défice da balança comercial - Banco Central
Economia timorense cresceu 8% em 2014 - governador Banco Central
Gastos públicos timorenses foram mais elevados de sempre em 2014 - Banco Central


e, ainda, o metro e o diabo...


Metro - Lisboa


O Diabo

a começar o dia... [demasiado] esclarecido...!

Provedor abre quase 2 mil processos por queixas contra o Fisco
Em mais de oito mil procedimentos abertos, na sequência de mais de 15 mil queixas de contribuintes e empresas, as principais questões prendem-se com a fiscalidade e a Segurança Social.


no dn em linha...




terça-feira, 5 de maio de 2015

o pensamento do dia...


no público...

coisas da (des)educação... previsões, só no fim do jogo [lá dizia o outro] 2


no público...

coisas da (des)educação... previsões, só no fim do jogo [lá dizia o outro] 1



no público...

informações [educação]... dislexia [formação] e literatura para miúdos... no boletim do cirep...!

Boletim Informativo n.º 70 – 05/05/2015


Informações Gerais


Curso de Formação: "Dislexia – Abordagens metodológicas em Inglaterra e em Portugal"
No âmbito da experiência do projeto europeu Comenius-RegioSchool Radio for Learning” – levado a cabo pelo Ministério da Educação e Ciência – DGEstE-DSRAL, pelo Centro de Formação Rui Grácio e por escolas do Algarve, em parceria com Southwark Council, a Aculco Radio e escolas de Southwark, Londres – foram detetadas necessidades de formação de professores no âmbito da Dislexia, o que deu azo à conceção e organização de um curso sobre esta temática, tendo em conta a experiência e a partilha científico-pedagógica entre as duas regiões.

Neste contexto surge o curso de formação intitulado “Dislexia – Abordagens metodológicas em Inglaterra e em Portugal”, que irá realizar-se nos dias 11, 12 e 13 de maio de 2015, na Escola Secundária Júlio Dantas, em Lagos.

Esta formação visa desenvolver/otimizar as competências e conhecimentos dos docentes no atendimento a alunos com dislexia, potenciando a intervenção educacional e perspetivando-a enquanto parte integrante do processo de ensino-aprendizagem.

O Curso tem a duração de 15 horas e corresponde a 0,6 créditos para progressão na carreira docente. As inscrições decorrem até 07 de maio de 2015.


II Encontro de Literatura para a Infância e Juventude: "Livros de mão em mão"
Neste segundo encontro de literatura para a infância, cujo tema é “Livros de mão em mão”, pretende-se refletir sobre os diferentes modos de dar a conhecer a literatura infantil aos mais novos. O que atualmente se designa por “mediação leitora” não é mais do que a tradição ancestral de contar e partilhar histórias com quem tenha a curiosidade e o interesse em descobrir enredos e intrigas, personagens singulares, desfechos inéditos. 
Hoje, as maneiras de divulgação da literatura para a infância desenvolvem-se sob a forma de iniciativas e projetos vários, levados a cabo em contextos formais e informais, mas sempre com o mesmo intuito: o de que o prazer de dar seja igual ao prazer de receber.
O encontro realiza-se a 23 de maio de 2015, na Escola Superior de Educação de Lisboa. A data limite para inscrições é 20 de maio.


nota: estas informações são uma transcrição directa do boletim, logo respeitam o ao... infelizmente...!

informações [educação]... o relatório da unesco... via cne...!


imgEFA2015

As principais conclusões do relatório da UNESCO "Educação para todos 2000-2015: Progressos e Desafios" são:

 

  • Apenas um terço dos países alcançou os objetivos EFA (Education for All).
  • Em 2012, 121 milhões de crianças e adolescentes ainda não frequentavam a escola, tendo havido uma redução desde 2009 (204 milhões).
  • Metade dos países alcançaram o Acesso Universal à Educação Primária e 10% estão mais próximas do objetivo.


informações [educação]... acesso ao ensino superior [materiais de consulta]... via cne...!


Este seminário teve como objetivo partilhar e discutir perspetivas sobre o acesso ao ensino superior, nomeadamente sobre os critérios de seleção dos estudantes portugueses e sobre tendências recentes da mobilidade dos estudantes. Procurou-se também trazer à reflexão os resultados de investigação produzida em Portugal no âmbito das temáticas do seminário, perspetivando os desafios que se colocam para o século XXI. 


CONFERÊNCIA | O SISTEMA DE ACESSO



Marcos importantes no regime de acesso | Virgílio Meira Soares
Acesso ao Ensino Superior | Virgílio Meira Soares




PAINEL | ACESSO E MOBILIDADE




PAINEL | ACESSO E DESEMPENHO ACADÉMICO







PAINEL | PERSPETIVAS DAS INSTITUIÇÕES E DOS ESTUDANTES


Perspetivas dos Estudantes | Daniel Freitas

informações [educação]... formação inicial de professores [materiais de consulta]... via cne...!


O presente seminário teve como objetivo traçar o panorama da formação de professores em Portugal, tendo como referência alguns estudos recentes, de modo a identificar constrangimentos, a perspetivar alternativas que permitam assegurar a eficácia da formação dispensada e a garantir que o sistema acolhe os melhores professores.



RELATÓRIO




Comentários: João Ruivo


CONFERÊNCIA



MESA REDONDA | MODELOS DE FORMAÇÃO: CONSTRANGIMENTOS E ALTERNATIVAS







MESA REDONDA | MODELOS DE FORMAÇÃO E ACESSO À PROFISSÃO